Núbia Soares – do JEMG para o mundo

Publicado em 18/02/2019

Imprimir  

Núbia foi campeã na Gymnasiade 2013, maior competição escolar do mundo.
Foto (crédito): Tiago Ciccarini.

Principal revelação do Brasil no atletismo atual, Núbia Soares deu os primeiros saltos e passadas nas pistas dos Jogos Escolares de Minas Gerais

Das pistas de atletismo dos Jogos Escolares de Minas Gerais para as pistas do mundo. A principal revelação atual do Brasil na modalidade, Núbia Soares surgiu no JEMG quando ainda tinha 16 anos. Sob o comando do técnico Abel Mendes, a atleta foi campeã do JEMG nos anos de 2012 e 2013 pela Escola Estadual Chico Rezende, em Lagoa da Prata. Os Jogos Escolares de Minas Gerais é uma ação do Governo de Minas Gerais e é executado pela Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais (FEEMG).

De lá pra cá, o salto no esporte foi grande. Disputou as principais competições de atletismo do mundo e realizou o sonho de representar o Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Em 2018, Núbia fez bonito no Metting de Sotteville-lès-Roue, na França. Ela venceu a prova do salto triplo com 14,69m, terceira melhor marca do mundo na temporada, novo recorde brasileiro e recorde da competição.

Núbia comentou sobre a importância dos Jogos Escolares na sua carreira. “Participei do JEMG no atletismo e no handebol e foi muito importante porque era a competição ápice. Foi uma fase muito divertida, treinei muito, fiz o meu máximo. Além de praticar nossos esportes favoritos, temos o convívio, a integração e a união com os outros atletas. Também aprendemos valores que a gente leva pra vida”.

 Conquistas e Sonhos

Hoje, com 22 anos, Núbia tem no currículo muitas medalhas e recordes. Em 2012, ela ficou em primeiro lugar nos Jogos Escolares da Juventude, em Cuiabá (MT). Foi indicada pelo Comitê Olímpico Brasileiro para compor a delegação nacional no 6º Festival Olímpico da Juventude, disputado em Sydney, na Austrália. Lá, a saltadora ficou em segundo lugar, conquistando a medalha de prata.

Em 2013, venceu a disputa do salto triplo nos Jogos Escolares da Juventude, em Belém (PA), e bateu o recorde da prova com a marca de 12,98m. Núbia também representou Minas Gerais e foi campeã, batendo o recorde na Gymnasiade – os Jogos Mundiais Escolares – realizada em Brasília (DF).

Já no Campeonato Mundial Juvenil de Atletismo de 2013, conquistou o quarto lugar do salto triplo. Também conquistou medalhas no Pan-Americano Junior de 2013, Sul-Americano Sub-23 de 2014 e no Pan-Americano Junior de 2015. Ainda em 2015, competiu nos Jogos Pan-Americanos e no Mundial de Atletismo. Também atingiu o índice olímpico para o salto triplo no Troféu Brasil de Atletismo de 2016.

“Meu objetivo agora é o Mundial de Doha, que vai ser realizado no Catar. Espero muito estar no pódio. E no próximo ano o meu foco é estar no pódio nas Olimpíadas de Tóquio”, destacou Núbia.

E pra quem vai encarar a maratona de competições no JEMG/2019, a revelação brasileira deixa um conselho. “Treinem muito. Com esforço e dedicação, o resultado vem naturalmente. Dar o seu melhor é o primeiro passo pra chegar na etapa nacional. Foco no JEMG, pessoal. Boa sorte!”

Comentários estão fechados

Inscrições

Faça sua inscrição, gerencie os dados de seu município, escolas e atletas.

Acesse o sistema aqui