Lucas é Nova Lima no e-JEMG. Estudante representa a cidade no torneio FIFA 2020.

Publicado em 15/04/2021

Imprimir  

Estudante-Atleta Lucas Gandra treina para chegar às finais do FIFA 2020. Foto: Arquivo Pessoal.

Estrear em uma competição do tamanho do estado de Minas Gerais já é uma boa notícia, imagina para quem já está com duas vitórias. Essa é a realidade do estudante-atleta Lucas Gandra da Escola Estadual João Felipe da Rocha, da cidade de Nova Lima. Com esses resultados, Lucas já começa a se despontar na competição do FIFA 2020 no e-JEMG. “Já estava muito empolgado e ganhando então, melhor ainda!”, desabafou Lucas de 16 anos.  A competição está bem legal, tudo bem organizado. Aqui em casa tenho o apoio da família e, às vezes, a empolgação é tanta que eles ficam mais ansiosos do que eu, ressaltou. Tudo é natural. Afinal, é uma competição bem bacana e acirrada, concluiu o competidor do FIFA 2020.

Com esse espírito de empolgação e apoio está também o professor Marcio Paulino da Escola Estadual João Felipe da Rocha. Estamos em um momento muito difícil e foi de grande valia essa competição proporcionada pelo Governo de Minas, destacou o professor. “Os jogos eletrônicos estão dentro do contexto da vida deles e traz o aluno para dentro do ambiente de educação física, evidenciado que a educação física tem outras vertentes, uma delas os jogos eletrônicos”. Segundo o professor, a iniciativa valoriza os estudantes-atletas que muitas vezes não conseguem se destacar nos jogos presenciais, afirmou. Isso mostra que eles são importantes e, mesmo não se destacando nos jogos presenciais, eles se sobressaem no mundo do videogame. É um despertar de uma nova realidade, uma forma de inclusão, concluiu o professor Marcio Paulino.

Além de vários benefícios proporcionados pela prática dos jogos virtuais, como o desenvolvimento da coordenação motora e a elevação da autoestima dos competidores, a participação de Lucas Gandra é um exemplo de que podemos buscar diferentes alternativas que valorizem o talento do jovem. Junto com ele, mais cinco estudantes representam a cidade no e-JEMG e se depender da força de vontade de Lucas Gandra, a cidade pode ter um representante nas finais. Um incentivo a mais para as futuras competições, sejam elas virtuais ou presenciais.

O e-JEMG tem por objetivo incentivar a prática desportiva eletrônica no meio estudantil, valorizando os benefícios educacionais e comportamentais inerentes ao esporte como inclusão, disciplina, integração e respeito mútuo. Uma iniciativa do Governo de Minas realizada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDESE), por meio da Subsecretaria de Esportes, e pela Secretaria de Estado de Educação (SEE). A execução é de responsabilidade da Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais – FEEMG.

Siga-nos no Instagram: oficial.jemg

Comentários estão fechados

Inscrições

Faça sua inscrição, gerencie os dados de seu município, escolas e atletas.

Acesse o sistema aqui